[Terminado] Dark Sector: um jogo estilo Gears of War, com um enredo diferente

Dark Sector para Xbox 360Você gosta de um bom game em um estilo mais ou menos parecido com o de Gears of War, porém com um enredo mais sombrio e algumas pitadas de terror? Então você vai gostar de Dark Sector.

Dark Sector não é um lançamento, nem tampouco foi lançado há muito tempo. Na verdade, foi lançado mais ou menos na metade de 2008. Entretanto, o jogo é muito legal. Comprei o meu há uns 2 meses atrás, mais ou menos, e o terminei há uns 3 dias. Confesso que fiquei ao mesmo tempo satisfeito e ao mesmo tempo decepcionado após o término. Bem, vamos por partes.

Em Dark Sector você assume o papel de um agente da CIA chamado Hayden Tenno, o qual deve se infiltrar em uma cidade fictícia chamada Lasria, que lembra bem cidades e países da antiga URSS, onde um maluco chamado Mezner tomou posse de uma arma biológica que transforma pessoas em monstros. O pessoal vira meio que zumbi, perde totalmente a racionalidade e ataca tudo o que vê pela frente. É um treco assustador mesmo, e ajuda a te dar bons sustos durante o jogo.

Acontece que logo no início do game, o Hayden é atacado, por ordem do  Mezner, por uma dessas criaturas, porém uma que, digamos, foi “aperfeiçoada”, tornando-se poderosa e inteligente. O ferimento causado no agente da CIA, entretanto, faz com que ele fique infectado porém adquira estranhos poderes e características especiais, tais como, por exemplo, invisibilidade, escudo de força, etc.

Dark Sector

A “aquisição” mais marcante, porém, e a que mais irá te ajudar durante o jogo, é uma arma parecida com um bumerangue, chamada Glaive, que possui três lâminas, com mil e uma utilidades. Esta arma meio que “nasce” do braço direito do personagem, e fica ali à disposição enquanto o jogador assim o desejar. Por exemplo, dependendo da escolha de armas que você faça, ela é escondida, mas pode ser “chamada” de volta à qualquer momento.

Você pode simplesmente lançá-la para dilacerar seus inimigos, pode acompanhar o movimento dela em câmera lenta e até mesmo “dirigí-la”, atingindo, assim, lugares inacessíveis de outras maneiras e podendo acionar botões, alavancas e mais uma série de coisas, e pode também atingir vários inimigos ao mesmo tempo. Aliás, a dilaceração dos inimigos causada pela Glaive é muito marcante e assustadora: sangue pra tudo quanto é lado, e o grito dos atingidos é horripilante.

O jogo possui uma ambientação bem sinistra, e a maior parte do tempo você joga em locais fechados e escuros, daí a necessidade do uso constante da lanterna. Os gráficos são um show à parte: belíssimos! Iluminação e sombras muito bem feitos. Detalhes a perder de vista, e os inimigos são tão bem feitos, bem como o protagonista, que chega a assustar.

Dark Sector

Vale a pena passar alguns minutos apenas observando o ambiente. Eu mesmo fiz isso nos momentos e nas fases onde estava na chuva, dentre outras: sinceramente, foram algumas das tempestades mais bem feitas que já vi em games. Os relâmpagos e os trovões chegavam a assustar. :)

Alguns pontos negativos

Mas como nem tudo são flores, vamos aos pontos negativos do game. Infelizmente, foi dada pouca atenção à personalidade do protagonista, e você não chega a formar aquele “vínculo” com ele. Até mesmo o Marcus Fênix, do Gears of War, possui muito mais dramaticidade e personalidade do que o Hayden. Além disso, a própria estória do game parece meio que estar ali somente para “encher linguiça”. Isto acaba cansando um pouco, principalmente quando a ação se dá em cenários escuros e muitas vezes repetitivos.

Dark SectorEssa falta de atenção à estória, porém, não chega a ser um empecilho, nem tampouco prejudicar a diversão. Repito: Dark Sector é um jogo fantástico, e deve ser julgado pelo conjunto, como um todo. Aí sim conseguimos chegamos ao veredicto correto e justo.

Algo que me impressionou negativamente, também, foi o final do game, onde você tem que enfrentar um monstro gigante cheio de tentáculos, controlado pelo “chefe”, que é o próprio Mezner localizado dentro de uma espécie de “cockpit”. Esta parte é muito difícil, e requer muita destreza por parte do jogador. É preciso utilizar a glaive para acertar o centro das extremidades dos tentáculos, e é preciso utilizá-la em câmera lenta, com muita precisão e paciência, após agingir determinados bulbos localizados na base dos tentáculos. Isto se repete uma, duas, três vezes, com o agravante de que na segunda “tentativa” os zumbis aparecem para atormentar a sua vida.

Bom, nos intervalos você precisa dar alguns tiros no Mezner, aproveitando os momentos em que o cockpit se abre. Isto tudo se repete até que o monstro seja destruído e o Mezner perca o controle da situação. Neste momento, o Hayden se aproxima do vilão e após um curto diálogo e numa cena bem violenta, literalmente enterra a glaive no crânio do mesmo, acabando com sua vida… e com o game também.

Até existe algumas frases após isso, a respeito do Hayden ter salvo sua alma, etc, e bla, bla, bla, mas é só. O final do game é somente isto, e nada mais. Algo muito simplório para um game tão legal, acho eu. Esta parte poderia ter sido mais bem desenvolvida pelos desenvolvedores, até mesmo como forma de compensar as falhas no enredo do game.

Finalizando

Mas, de qualquer forma, adorei o jogo, e até mesmo as semelhanças dele com o Gears of War, como por exemplo o esquema de cobertura, são muito legais. É um jogo que vale a pena jogar, e se você ainda não deu uma olhada, o que está esperando? :)

Na página oficial existem alguns screenshots bem legais do game, e abaixo você pode conferir o trailer oficial:

Link direto:

http://www.youtube.com/watch?v=fnsjVO3Y6Rw

Este review no GameTrailers também está muito bom:

Link direto:

http://www.gametrailers.com/player/32358.html

É isso aí, pessoal. Espero que gostem. Dark Sector está disponível para PC, Xbox 360 e Playstation 3. :)

2 thoughts on “[Terminado] Dark Sector: um jogo estilo Gears of War, com um enredo diferente

  1. Pingback: (Terminado) Gears of War 2: minhas impressões

  2. Pingback: Novo trailer de Lost Planet 2 | XboxPlus

Leave a Reply